Amigos

18 de mar de 2010

Post Script

Basicamente, não estou bem
Não sei se a viagem mudará
Minha angústia é a falta de alguém
E é bom que eu me acostume com isso já
Aqui nesse apartamento
Nem as paredes me suportam mais
A rejeição está comigo todo o tempo
Nem eu me suporto mais

Quem sabe lá eu encontre algo que vale a pena
Minha alma anseia desesperadamente
Por um brilho diferente
De outra terra ou de um poema
Nem assim, não deixo a música
Faço dela, minha companheira
E consigo desabafar
Com um samba da mangueira
Vai passar


Guilherme Fontoura.

6 comentários:

  1. Consigo ver através de vc, seus poemas refletem um estado de Estado(ser,estar,sentir)...vc tenta transcrever pensamentos como muitos mas não estamos limitados a isso, o fato de escrevermos não consegue comportar tudo q pensamos....as vezes penso q posso ver sua alma e consigo sentir q ela é em sua essência muito linda...vc é muito amado por qm vc não conhece e qm vc pensa não te conhecer....um grande abraço carinhoso da Ana Estefania.P.S: SINTO muito vc, não fique triste.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Ana!
    Bom saber que gostou! ^^
    e disculpa a demora....xD
    Grato

    ResponderExcluir
  3. Gostei mto quando começo a escrever poemas? um grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Comecei a escrever na segunda metade do ano passado, mas só agora resolvi criar o blog
    Vlw pelo comentário
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Filho, meu querido!
    Cada vez que entro no seu blog, me encho de orgulho e prazer de ter vc como filho, companheiro e principalmente seu amigo.
    Beijão.
    Fontoura Pai

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, pai!
    Também tenho grande orgulho de ser tudo isso pra você.
    Beijos

    ResponderExcluir