Amigos

26 de mar de 2010

Cólera

Transpareço minhas idéias
e sigo assim
estando longe ou perto dela
eu falo por mim


Sou apenas o que eu sei ser
e essa é a liberdade que preciso
sei que não querem saber do meu querer
não quero tirá-los da sala de jantar por isso


Apenas me deixe praguejar
para espantar esse rumores
de que não sei amar
mas não quero tirar o tempo dos senhores...


Guilherme Fontoura.

Um comentário:

  1. "...mas as pessoas estão ocupadas em nascer e morrer!" Maravilhoso seu poema. Beijo

    ResponderExcluir