Amigos

24 de mar de 2010

AOS ÓCULOS

Só fingem que põem
o mundo ao alcance
dos meus olhos míopes.

Já não vejo as coisas
como são: vejo-as como querem
que eu as veja.

Logo, são eles que vêem,
não eu que, cônscio
do logro, lhes sou grato

Por anteciparem em mim
o édipo curioso
de suas próprias trevas.


José Paulo Paes

Nenhum comentário:

Postar um comentário