Amigos

22 de abr de 2010

Outono

A partir de hoje, não sonho mais
vou aprender a me desumanizar
não quero mais
nem tudo, nem nada.
Vou ficar como uma árvore,
que espera paciente
a cada mudança de estação
e mesmo que não queira, 
vou deixar minhas folhas caírem,
e depois nascerão de novo
com a vinda da primavera.
Mas não vou sonhar,
nem chorar as folhas perdidas
nem festejar as ganhadas.
E por pior que pareça a vida
eu não vou precisar pensar assim,
a vida não precisa melhorar
só precisa correr...


Guilherme Fontoura.

2 comentários: