Amigos

23 de abr de 2010

O Mito

Finalmente entendi
que não sou ninguém sozinho
e que um passarinho
não é tão livre quanto se parece


Sozinho sou metade
parte de um ser terroso, terreno
minha felicidade está
naquilo em que me fará pleno


Mas nessa vida 
já encontrei muito veneno
já me embriaguei facilmente
e acho que agora estou sólido


E quero me derreter
e me prender a um sentimento
que eu acredite.
Isso não entra na minha cabeça


Guilherme Fontoura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário